quinta-feira, 19 de abril de 2018


terça-feira, 10 de abril de 2018

terça-feira, 27 de março de 2018

Caixas de leite e tinta = lindas cestinhas


  No dia 19/03 segunda-feira fomos à sala de artes com a turma do vespertino para confeccionar a caixinha reciclada de leite e transformar em uma cestinha. Durante a pintura fizeram bagunça com as tintas, mostraram concentração, sensibilidade, entusiasmo e todos usaram sua imaginação e sua criatividade em cada pincelada que deram.                                                               A pintura fez parte da nossa vida em algum momento e serviu como uma forma de nos expressarmos para as pessoas e para o mundo.                                                           Pintar é divertir, interagir, desenvolver, criar e comunicar, mas tem seus métodos e critérios para que os frutos aproveitem da melhor maneira possível essa atividade que mistura, com muitas cores, a educação com o brincar. 
(http://blog.pequenostravessos.com.br/entenda-a-importancia-da-pintura-no-desenvolvimento-infantil/).
  Através da pintura as crianças descobrem um mundo cheio de cores, formas, linhas e sentimentos, imaginações simbolizam e experiências. A pintura estimula a comunicação, criatividade, sensibilidade e aumenta a capacidade de concentração e expressão das crianças. (http://silvanapsicopedagoga.blogspot.com.br/2012/05/pintura-e-as-criancas-os-beneficios-de.html).
           
COORDENAÇÃO MOTORA PINÇA - O amadurecimento é essencial para que a criança consiga ter interesse pelos objetos ao seu redor e recebam o estimulo para se esticar para pegar, apertar e puxar. Com o passar dos meses, esses movimentos serão cada vez mais aprimorados dando oportunidade a buscar novos aprendizados.
            Crianças se desenvolvem e aprendem novas habilidades em tempos diferentes. Por isso não se deve ser cobrado e nem comparado com o desenvolvimento dos demais. (https://www.trocandofraldas.com.br/coordenacao-motora-infantil-desenvolvendo-no-seu-tempo/)
            As atividades que estimulam a coordenação motora fina acontecem no nosso dia a dia e em sala, entre elas temos: colagem, amassar e rasgar papel, pinturas, passar pasta na escova, abrir e fechar o zíper, entre outras.
            Acreditando na importância desses momentos, propus para as crianças a fazermos uma colagem com papel crepom e retalhos de EVA para que preenchessem dentro do espaço da figura de um coelho impresso na folha A4. Primeiro expliquei a proposta, e mostrei que só poderiam pegar um pedaço de papel ou EVA de cada vez, atentando-se sempre para o movimento de pinça ”polegar e indicador” e, só depois de fazer as bolinhas de papel crepom, em seguida passei a cola sobre a imagem e preencheram com as bolinhas que fizeram, assim que acabaram passei cola na outra imagem para colar retalhos de EVA. Durante todo o processo mostraram entusiasmo e concentração ao colarem cada pedacinho de EVA e papel crepom. (Professora Paula Zickur)

quarta-feira, 21 de março de 2018


Este ano, a EBM Dr. Amadeu da Luz inscreveu-se pela primeira vez no Concurso Canguru de Matemática, por sugestão do aluno João Pedro Tambosi, do 9º Ano. Dos 257 alunos do 6º ao 9º Ano que foram convidados para participarem, 77 se inscreveram e realizaram as provas no dia 15 de março. Mas que concurso é este? Vamos conhecer um pouco de história.

No início dos anos 80 do século passado, Peter O’Halloran, um professor de Matemática em Sydney, na Austrália, elaborou uma prova digital que passou a ser resolvida por milhares de alunos simultaneamente.
Anos depois, em 1991, dois professores franceses, André Deledicq e Jean Pierre Boudine, decidiram iniciar o concurso na França e, em homenagem ao colega australiano, deram-lhe o nome de “Kangourou”. Foi dessa forma que nasceu o concurso Kangourou sans Frontières (www.aksf.org) que hoje está presente em mais de 80 países, incluindo o Brasil (www.cangurudematematicabrasil.com.br).
Canguru sem Fronteiras é uma associação internacional que congrega personalidades do mundo da Matemática. Anualmente, um seleto grupo de professores se reúne para discutir o ensino da Matemática e preparar as provas que serão aplicadas nos países participantes.
A finalidade da Associação é promover a divulgação da Matemática por todos os meios ao seu alcance e, em particular, com a realização do concurso que envolve e motiva milhares de alunos pelo mundo. Fonte: https://www.cangurudematematicabrasil.com.br/index.php/19-sample-data-articles/joomla/100-inscricoes-2019

No Brasil, o número de escolas participantes vem crescendo de forma expressiva desde seu início em 2009, e neste ano, o concurso conta com a participação de mais de 300 mil alunos, representando cerca de 2 mil escolas. Deste total de alunos, 10 % serão medalhistas, distribuídos nas seguintes categorias: 1%  de ouro, 2% de prata, 3% de bronze e 4% de honra ao mérito. Neste ano de 2018, as medalhas terão um design comemorativo pelos 10 anos do Concurso Canguru no Brasil.
Concursos desta natureza estimulam o gosto pelo estudo da Matemática e fazem com que os alunos percebam que conseguir resolver os problemas propostos é uma conquista pessoal muito recompensadora.
 A EBM Dr. Amadeu da Luz agradece a todos os alunos que participaram do Concurso Canguru de Matemática Brasil. Aos alunos, agora resta aguardar a divulgação do resultado, que será em 02 de maio de 2018.

Estamos torcendo por todos!

Mª Cristina Sborz Dallmann
Professora de Matemática

sexta-feira, 16 de março de 2018

Ensino Religioso inspira aluna a escrever poemas





Segundo a professora Ellen Méri Dallmann Kamke o objetivo da aula era identificar a importância das palavras que nos servem para definir a organização de vida do ser humano no mundo. Palavras comuns para os diferentes povos - palavras que se tornam práticas importantes quando desejamos "melhorar".

Palavras → ensinamentos sagrados

A aluna Jéssica, escreveu poemas que apresentam palavras com orientação para reconhecer a importância da organização de vida.



segunda-feira, 12 de março de 2018

Vamos abrir uma Empresa?


Disciplina de Empreendedorismo: Vamos abrir uma  Empresa?

          Neste ano, na disciplina de EMPREEDEDORISMO, os 9ºs anos, têm como meta, trabalhar a apostila do JEPP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos),do SEBRAE, em parceria com a SEFE (Secretaria da Educação e Formação Empreendedora). Onde o tema a ser abordado e fomentado é:  Novas Ideias, Grandes Negócios. O Objetivo é: estimular atividades Empreendedoras nos nossos alunos. Instigando-os  e  propiciando que, os alunos vivenciem  o dia a dia da vida de um Empreendedor de Negócios.
                Neste Projeto, os alunos mediados pelas professoras da disciplina de Empreendedorismo: Scheila Mass e Wandréia Silva, começarão a elaborar os passos para um Plano de Negócio, de sua “Empresa” Fictícia. Aprenderão, desde a identificação de negócios, até a implantação e avaliação dos negócios.
               
É importante que eles tenham noção da importância do Planejamento e de estratégias antes de abrir uma Empresa. Afinal, Planejar é pensar antecipadamente e organizar tudo o que precisa para realizar alguma atividade com sucesso e eficácia! A próxima etapa, é elaborarem o logo e o slogan! Cada Equipe de sua “Empresa”. Estão todos muito empenhados, empolgados e com a criatividade a todo vapor. Segue abaixo, fotos da sequência do Plano de negócio de cada Equipe que estamos construindo.
                Agora, mãos à obra! (Texto da professora Wandréia)